Você pode solicitar a isenção da taxa de inscrição do Enem 2018 (ou seja, o não pagamento do valor necessário para se inscrever) de 02 a 15 de abril, antes do período de inscrições. Esse período foi estendido (antes ia até 11 de abril). A taxa para fazer o Exame é R$82,00, igual à do ano passado. Os critérios para conseguir a isenção estão mais rígidos desde 2017. Entenda se você tem direito no infográfico a seguir. Confira a situação da sua solicitação na página do participante do Inep. Você pode recorrer até o dia 29 de abril

O período de inscrições é entre os dias 07 e 18 de maio de 2018. Para fazer, acesse o Portal do Inep.

Quem tem direito à isenção da taxa de inscrição do Enem? 

Posso pedir isenção da taxa de inscrição do Enem 2018?

Os estudantes que concluem o Ensino Médio em escolas públicas têm direito à isenção da taxa de inscrição.

Os candidatos com renda per capita inferior a 1,5 salário mínimo e que cursaram o Ensino Médio em escolas particulares com bolsas integrais ou em escolas das rede pública também podem se inscrever gratuitamente (de acordo com a Lei 12.799/2013).

Quem fez o Encceja em 2017 e teve nota suficiente para obter o certificado de conclusão não é obrigado a pagar a taxa.

As pessoas com cadastro no CadUnico para programas sociais do governo federal também podem solicitar a gratuidade.

A confirmação das informações para a isenção será mais criteriosa do que nos anos anteriores. O NIS (Número de Identificação Social) deverá ser informado para a inscrição gratuita.

Os candidatos que se declararam isentos poderão ser eliminados a qualquer momento se as informações não forem verídicas! E talvez tenham que responder por crime contra a fé pública.

Quem for beneficiado pela isenção e não for ao local de prova no dia do Enem perderá a gratuidade para participar das provas no próximo ano.

As exceções são casos de doenças comprovadas por atestados médicos ou documentos oficiais que justifiquem a impossibilidade de comparecer, como atestado médico, documento judicial, certidão pública ou boletim de ocorrência.

E como faz para declarar a carência socioeconômica?

Acesse a página do participante do Inep no período indicado, de 02 a 15 de abril e preencha a solicitação.

Justificativa de ausência

Se você não pôde comparecer aos dois dias do Enem 2017 e precisa da gratuidade para a inscrição deste ano, deve justificar a ausência de 02 a 11 de abril.

Entre na página do participante e tenha o documento digitalizado (com até 2MB de tamanho) para explicar a ausência. Não são aceitas explicações escritas por você, nem pelos seus responsáveis legais. Conheça algumas justificativas e os respectivos documentos válidos:

  • assalto no dia da prova até às 13h (boletim de ocorrência com número de CPF e RG)
  • casamento 5 dias antes da prova (certidão de casamento)
  • morte na família até 8 dias antes da prova (certidão de óbito)
  • acompanhamento de cônjuge deslocado para outra cidade
  • saúde sua ou de alguém da sua família (atestado médico)
  • maternidade ou paternidade (certidão de nascimento ou adoção)
  • trabalho (declaração de exercício de atividade com CNPJ)

Uma vez que subir o arquivo de justificativa de ausência, não é possível modificá-lo.

Você sabe se a justificativa foi válida através da página do participante e por um SMS que chegará no seu celular. Caso ela não tenha sido aceita, é possível contestar essa avaliação até 5 dias depois na página do participante do Inep. Confira os documentos necessários.

Se ela não for aprovada, você terá que gerar a Guia de Recolhimento da União (GRU) e pagar a taxa de inscrição.

Depois de declarar a causa da ausência, você ainda terá que solicitar o não pagamento da taxa do Enem 2018.

Leia também: Resumo do edital do Enem 2018

Como eu sei que a isenção foi aprovada? 

Na página do participante, você pode acessar os dados da solicitação a partir de 23 de maio.

Onde pagar a taxa de inscrição do Enem?

A taxa pode ser paga nas agências de todos os bancos, via aplicativo ou internet banking e em casas lotéricas. Os candidatos não isentos têm até o dia 23 de maio de 2018 para efetuar o pagamento.

Se você não pagar a taxa, a inscrição não será confirmada. Recomendamos se organizar para pagar antes do vencimento e evitar imprevistos.

Eu preciso mesmo fazer o Enem 2018? 🤔

O alto valor da taxa para se inscrever e o rigor para processar o pedido de isenção faz pensar se fazer o Enem é a melhor opção.

Vale lembrar que o Exame não pode ser utilizado para emitir o certificado de conclusão do Ensino Médio, entre outras mudanças na avaliação.

Se você têm mais de 18 anos e precisa deste certificado, fique atento à divulgação do Encceja (Exame Nacional para Certificação de Competências de Jovens e Adultos).

Também é importante lembrar que os treineiros não podem se inscrever no Prouni, Sisu e Fies, e que as suas notas são divulgadas 60 dias depois dos outros resultados, apenas em Março de próximo ano.

Para se acostumar com o modelo da prova, os estudantes que quiserem fazer as provas como treineiros podem contar com outras possibilidades gratuitas.

Existem vários simulados online com correção igual à do Enem, de acordo com a Teoria da Resposta ao Item (TRI).

Você pode realizer um simulado do Geekie Games quando quiser de graça! Ah, se você for assinante, pode fazer simulados em qualquer período do ano 😍.

simulado do enem 2017 gratis
Outra possibilidade é baixar e imprimir um simulado, mas você é quem irá fazer a correção.

Os arquivos das provas do Enem de anos anteriores podem ser baixados para você praticar.

E se a isenção for negada? 😦

Os candidatos que não conseguiram a isenção da taxa podem recorrer até o dia 29 de abril. Basta acessar a página do participante do Inep.

Confira os documentos aceitos para comprovar a necessidade de isenção.

Se você ainda têm dúvidas, entre em contato com o Inep pelo 0800-616161 para tirar as dúvidas.

Teve alguma dificuldade sobre a isenção da taxa de inscrição do Enem? Conta nos comentários. #tamojunto 😉