Você sabe o que é cultura? E o que é uma pessoa culta? No resumo a seguir, entenda o que é um patrimônio, cultura material e imaterial, popular e erudita. Confira como esses conceitos se relacionam com a atualidade. Saiba como esse assunto já caiu nas questões do Enem e nos vestibulares.

 

O que é cultura?

Muitas vezes, a palavra “cultura” é relacionada com um tipo específico de arte: a erudita. Além da arte, a cultura também inclui o conhecimento, as crenças, a lei, a moral, os costumes e hábitos de uma sociedade. Ou seja, todos que convivem com outros indivíduos em comunidade são pessoas cultas.

A cultura gera um sentimento de pertencimento e se relaciona com valores, crenças e visões de mundo. Essa identidade cultural representa a memória do povo durante muitos séculos e varia conforme o tempo.

O que é patrimônio cultural?

Patrimônio cultural é um conjunto de manifestações de cultura material e imaterial com importância histórica. A união do patrimônio cultural material e imaterial forma a identidade cultural.

Patrimônio material e cultura

cultura material: Rio de Janeiro é patrimônio mundial da humanidade segundo a Unesco

A cidade do Rio de Janeiro é um patrimônio cultural mundial da humanidade

O patrimônio material é concreto, ou seja, pode ser tocado. Esse patrimônio é composto por manifestações de cultura material, assim como por espaços naturais (por exemplo, habitats naturais e formações geológicas).

A Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (Unesco) nomeia patrimônios mundiais da humanidade. Esses patrimônios recebem uma atenção especial para a sua manutenção, incluindo investimentos financeiros.

Os patrimônios culturais materiais da humanidade no Brasil segundo a Unesco são: cidades Ouro Preto e Rio de Janeiro, centro histórico de Olinda, Diamantina e Salvador, Plano piloto de Brasília, Distrito Federal. Alguns patrimônios naturais são Parque Nacional do Iguaçu,  Mata Atlântica e Parque Nacional Serra da Capivara.

Leia também:
Análises de livros brasileiros que caem no vestibular
Como fazer intercâmbio de graça no Ensino Médio?

Patrimônio imaterial e cultura 

cultura imaterial: religiosidade

A religiosidade é um patrimônio cultural imaterial

A cultura imaterial possui um grau de abstração, ou seja, não é concreta. Alguns exemplos são valores, crenças, folclore, danças, músicas, artes plásticas, festas e religiosidade.

Os patrimônios culturais imateriais envolvem os conhecimentos que são transmitidos de geração a geração. Como as pessoas que têm esses conhecimentos estão sempre se modificando e se multiplicando, a cultura e o patrimônio imaterial sofrem ameaças. A Unesco reconhece como patrimônios intangíveis o frevo, samba de roda do recôncavo baiano, entre outros.

 

A diversidade cultural

Dentro de um povo, podem existir produtos culturais diferentes. O prestígio que cada um deles possui uma relação com as instituições de poder na sociedade. As relações sociais fazem com que algumas formas de cultura tenham mais prestígio do que outras, mas não existe cultura superior.

É por isso que às vezes dizem que alguém é “sem cultura” porque não conhece tipos específicos de músicas e artes ou não frequenta museus.

 

Cultura popular X cultura erudita:

A cultura popular se identifica com as classes populares e dura pouco tempo. Os grafites são um exemplo de arte urbana popular. A cultura erudita permanece por mais tempo, mas não é acessível a todos: é a arte das elites. O teto da Capela Sistina é um exemplo de cultura erudita.

As diferenças entre os universos culturais refletem as próprias desigualdades sociais. Algumas manifestações de arte surgem como cultura popular e passam a pertencer à cultura erudita. Por exemplo, quando um grafite compõe uma exposição de arte em um museu, ele se torna um objeto da cultura erudita.

 

A cultura brasileira

Como o Brasil tem um território muito grande e descendentes de diversas nacionalidades, há grande diversidade cultural. Podemos citar a influência de portugueses, africanos, nativos indígenas, japoneses, italianos, entre outros para a formação da nossa cultura.

O Brasil é considerado referência entre a Comunidade dos países de Língua Portuguesa (CPLP), e exerce influência sobre os países colonizados por Portugal e que falam a Língua Portuguesa. Isso acontece por causa da riqueza do patrimônio imaterial brasileiro.

A cultura popular brasileira costuma ser transmitida pela tradição oral. Ela conta com a participação ativa de pessoas de diferentes regiões do Brasil e surge de acontecimentos do dia a dia.

Leia também: 5 assuntos de História que mais caem no Enem

 

Atualidade: os grafites em São PauloConceito de cultura popular e grafites em São Paulo

Em Janeiro de 2017 em São Paulo, teve início a operação “cidade linda” no governo do prefeito João Doria. Uma das consequências foi apagar os grafites da Avenida 23 de maio, que formavam o maior mural de grafite a céu aberto na América Latina.

De acordo com o site da prefeitura de São Paulo, o objetivo da operação é realizar: “serviços de manutenção de logradouros, conservação de galerias e pavimentos, retirada de faixas e cartazes, limpeza de monumentos, recuperação de praças e canteiros, poda de árvores, manutenção de iluminação pública, reparo de sinalização de trânsito, limpeza de pichações, troca de lixeiras, e reparo de calçadas”

Apagar os grafites gera muitas controvérsias devido à diferença entre grafite e pichação. Além disso, vale ressaltar que muitas manifestações da cultura popular (como os grafites) não são reconhecidas como importantes patrimônios culturais.

 

E a cultura de massa?

Na cultura de massa, poucas pessoas produzem objetos culturais e muitos indivíduos os consomem. Assim, há uma padronização da cultura.

A cultura de massa é transmitida por grandes veículos de comunicação e pode afastar as pessoas da realidade, o que é conhecido como alienação. A cultura erudita e a popular podem passar por processos de massificação.

 

A indústria cultural

Com a globalização, as fronteiras entre as culturas são fluidas, ou seja, as informações alcançam novos lugares. Um fenômeno que vêm acontecendo é o da espetacularização das notícias. Ou seja, as notícias são transformadas em espetáculos na mídia.

Como os meios de comunicação de massa estão concentrados nas mãos da elite, que possuem grande poder aquisitivo, as suas ideias são divulgadas e disseminadas. Saiba mais na aula.

 

A Escola de Frankfurt

Um dos filósofos mais importantes da Escola de Frankfurt é Theodor Adorno, que propõe o conceito de indústria cultural. A cultura é entendida como uma mercadoria padronizada e industrializada. Como consequência, existe uma reificação, ou seja, tudo é entendido como coisa.

A contracultura é um movimento contra a indústria cultural. O movimento hippie é um exemplo dela. Como os meios de comunicação de massa estão concentrados nas mãos de poucos, a contracultura tem pouca força.

Leia também: O que é Nova Ordem Mundial

 

A lei de incentivo à cultura

A Lei Rouanet é uma política de incentivo à cultura. Por meio dela, cidadãos e empresas podem contribuir para a projetos culturais com uma parte do imposto de renda.

Antes de se tornarem projetos aptos a receber o incentivo fiscal, propostas são enviadas ao Ministério da Cultura para aprovação.

O apoio à cultura via Lei Rouanet é uma forma de valorizar a imagem das empresas. A política recebe questionamentos porque as marcas querem ser associadas a determinadas manifestações de cultura. Sendo assim, a diversidade cultural é reprimida porque muitos projetos não recebem incentivo e não se sustentam. Vários projetos que recebem apoio fazem parte da “indústria cultural” explicada por Adorno.


Leia também: Temas de redação

 

Questões sobre cultura caem no Enem?

Questões sobre cultura são muito comuns em Sociologia e em questões interdisciplinares. Saiba mais neste artigo com as matérias mais frequentes.

Apenas na primeira aplicação do Enem 2016, para responder cerca de 10 questões era necessário entender o significado de cultura e patrimônio. Confira alguns exemplos a seguir

Questão sobre cultura do Enem 2016

Questão da prova de Ciências Humanas da primeira aplicação do Enem 2016

Resposta: C – compreensão etnocêntrica acerca das populações dos territórios conquistados

Questão sobre cultura do Enem 2016

Questão do Enem 2016 sobre patrimônio cultural

Resposta: E – conhecimentos tradicionais

Questão sobre cultura do Enem 2016

Pergunta do Enem 2016 no caderno de Ciências Humanas

Resposta: E – ilusão da contemporaneidade

Questão sobre cultura do Enem 2016

Questão do Enem 2016 sobre patrimônios

Resposta: E – expansão da fronteira agrícola

Ficou com alguma dúvida sobre cultura material e imaterial? Saiba mais na aula do Geekie Games sobre patrimônios. Bom estudo e sucesso no Enem e no vestibular!

 

Aulas e exercícios grátis sobre cultura