5 milhões e 800 mil pessoas participaram do Enem 2016. Nesta página, você poderá fazer o download das provas e gabaritos oficiais do último ano para treinar. E também vamos contar a opinião das pessoas que fizeram o exame, ou seja, se ele foi mais difícil ou mais fácil, as notas médias e como foi a redação. Confira também os assuntos que recomendamos revisar antes de começar a prova.

Como foram as provas do Enem 2016?

As provas foram consideradas mais difíceis do que as de 2015, em geral. Especialmente no segundo dia de prova, com Matemática e Linguagens, os candidatos comentaram que o tempo foi um inimigo para fazer todas as questões.

Português foi mais exigente do que nos últimos anos e caíram conteúdos de todos os gêneros textuais e de Gramática em enunciados trabalhosos.

 Ver uma videoaula de 14 minutos sobre gêneros textuais
antes de fazer a prova do Enem 2016 ✌

Em 2017, Português também foi uma das matérias mais erradas no segundo simulado do Geekie Games. Conheça os assuntos das questões mais difíceis.

Matemática foi semelhante às provas anteriores, apresentando assuntos frequentes nos últimos anos, como porcentagem e gráficos.

Leia também: Temas anteriores da redação do Enem

A prova do primeiro dia teve enunciados curtos. Para algumas pessoas, isso é uma vantagem e, para outras, é uma dificuldade, já que é preciso lembrar os conceitos na hora. Além disso, há menos questões que podem ser respondidas pela própria leitura do enunciado.

Entre as questões que os participantes acharam mais difíceis, havia Primeira República e Filosofia Pré-Socrática.

Os participantes consideraram o nível de dificuldade da segunda aplicação do Enem muito parecido com o da primeira. Além disso, os assuntos avaliados foram, em geral, os mesmos.

E o tema de redação?

Depois do não comparecimento à aplicação do exame, a principal causa de nota zero na redação foi fuga ao tema. Apenas 77 pessoas tiraram nota 1000.

Na primeira aplicação, o tema foi “caminhos para combater a intolerância religiosa no Brasil”

Na segunda aplicação, a proposta de redação foi sobre “caminhos para combater o racismo no Brasil”

Ver uma aula de antropologia de 13 minutos
e ter argumentos para a diversidade religiosa (cultural) e étnica (racial) ✍🏽

Comentários sobre o tema de redação da primeira aplicação 🙏

No Brasil, o Estado é laico, ou seja, não possui um religião oficial. Isso significa que não há crenças, nem cultos a entidades espirituais que são melhores ou piores, e a diversidade precisa ser respeitada.

Vale lembrar que a constituição brasileira de 1824 dizia que o catolicismo era a religião oficial, ou seja, todos precisavam seguir a religião católica de acordo com a lei. Caso contrário, seriam considerados criminosos.

Atualmente, encontramos resquícios de falta de respeito à religião não-católica nos comportamentos das pessoas e em medidas como a não legalização do aborto e a presença de crucifixos em locais públicos.

O conhecimento de Sociologia e Filosofia geralmente é útil para a escolha de argumentos da redação. Recordar fatos históricos também ajuda a argumentação.

Neste tema de redação, alguns assuntos de Ciências Humanas, como ética, antropologia e fatos do Brasil Império (como a constituição de 1824) são relevantes.

Comentários sobre o tema de redação da segunda aplicação 👩🏿 

Segundo a lei, o Brasil não diferencia os habitantes pela cor da pele desde a abolição da escravidão, no século XIX. A partir dos textos de apoio do Enem, entendemos a diferença entre o racismo (o estabelecimento de uma diferença entre os indivíduos devido ao grupo racial/étnico ao qual pertence), que é um crime, e a ofensa (injúria) de uma pessoa a partir da raça, etnia, origem ou religião.

A injúria racial, apenar de não ser crime, fortalece o racismo. A escravidão de pessoas negras ainda tem resquícios na atualidade, como a desigualdade socioeconômica e o preconceito.

Para auxiliar a argumentação, podem ser utilizados conceitos de Sociologia sobre desigualdade social, antropologia, etnocentrismo e identidade cultural, assim como períodos históricos como o de escravidão no Brasil e o Holocausto.

Vale lembrar que informações, fatos, opiniões a argumentos da cultura popular, como filmes e seriados sempre podem ser utilizados na sua argumentação.

>> Leia também: os estudos da Talita e a preparação do Clause em 2016

E o resultado do Enem?

O resultado do Enem pode ser consultado a qualquer momento no site do Inep. Explicamos o passo a passo para acessar em outro artigo.

A abstenção, ou seja, a porcentagem de pessoas que não compareceram ao local de prova, foi 30%.

Quais foram as notas médias? 

A nota média em Ciências Humanas foi 536. Em Linguagens e Códigos foi 523,1 e apenas uma pessoa tirou mais que 800. A média em Matemática foi 493,9. Em Ciências da Natureza foi 482,3, segundo o Portal do MEC.

Na hora de procurar a sua média, vale lembrar que ela é diferente do número de acertos por causa da teoria da resposta ao item (TRI), então consulte o resultado na página do participante no site do Inep.

Provas e gabaritos do Enem 2016

Preencha o cadastro abaixo para receber as provas do Enem de 2009 a 2016 no seu e-mail 🙂











Primeira aplicação 

Ciências da Natureza e Suas Tecnologias & Ciências Humanas e Suas Tecnologias:

Caderno AzulProva | Gabarito

Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias & Matemática e Suas Tecnologias & Redação:

Caderno Azul: Prova | Gabarito

Para fazer o download dos cadernos e gabaritos das provas Amarela, Rosa, Cinza e Branca, acesse o artigo com todas as provas e gabaritos do Enem desde 2009. Todas não possuem respostas marcadas.

Segunda aplicação de 2016 

Ciências da Natureza e Suas Tecnologias & Ciências Humanas e Suas Tecnologias:

Caderno Azul: Prova | Gabarito

Linguagens, Códigos e Suas Tecnologias & Matemática e Suas Tecnologias & Redação:

Caderno Azul: Prova | Gabarito