Meu nome é Paula. Fiz o curso de Relações Internacionais (RI ou REL) na Facamp, faculdade particular em Campinas (SP), e estudei um ano na UNESP em Franca (SP). Vou compartilhar um pouquinho da minha experiência com vocês. 

O curso de Relações Internacionais têm duração de 4 anos. Em geral, é nos turnos matutino, vespertino ou noturno. Na maioria das vezes, o curso não é integral, mas na Facamp é.

Recomendo o curso de Relações Internacionais se você:

  • Gosta de ler
  • Se sente confortável em estudar bastante teoria
  • Tem interesse pelas disciplinas de História, Geopolítica, Sociologia e Filosofia
  • Tem curiosidade em entender sobre as influências existentes em cada cultura
  • Quer se manter informado sobre os últimos grandes acontecimentos do mundo
  • Se sente perplexo com os conflitos que acontecem no mundo, especialmente entre países
  • Observa diferentes pontos de vista de um mesmo acontecimento
  • Adora refletir e discutir sobre o que está por trás de algum acontecimento político ou contexto social
  • Se questiona sobre o motivo dos problemas sociais no mundo

A grade curricular do curso de Relações Internacionais 📚

Nos dois primeiros anos, as disciplinas costumam ser direcionadas para Ciência Política, Teoria das Relações Internacionais, História do Brasil, História Geral, Direito e Economia.

Nos dois últimos anos, a exigência de leitura durante o curso é muito alta! As aulas costumam ter um formato que permite e estimula o diálogo e debate entre os alunos sobre o tema proposto.
É comum ver uma parte dos estudantes de RI envolvidos com projetos e grupo de estudos extra classe sobre conteúdos adicionais.

Principais dificuldades durante o curso de RI 😟

Eu me interessei por grande parte das disciplinas do curso de Relações Internacionais. Mas confesso que fiquei um pouco decepcionada com a grande carga de estudos teóricos. Minha expectativa era que os principais temas de “atualidades” fossem debatidos nas aulas. Na prática, estudei muito mais História em sala de aula, e atualidades, por conta própria.

Como o escopo do curso de Relações Internacionais é bastante abrangente, muitos estudantes alegam que tiveram um momento de confusão sobre como aplicar as teorias estudadas.

Leia também:
Tudo o que você precisa saber sobre faculdade à distância
Tudo sobre o curso de Engenharia de Produção
Dicas para escolher uma profissão
Por que não desistir de Medicina? – história de um aluno aprovado
Tudo sobre o curso de Relações Públicas
Engenharia da Computação | Tudo sobre o curso e profissão

O mercado de trabalho de Relações Internacionais e as áreas de atuação 🏙

O mercado de trabalho de Relações Internacionais pode abranger o mundo todo, e em muitas dimensões. Como a natureza do curso é generalista, a alocação no mercado de trabalho acaba sendo bem difusa. Como tudo na vida, o lado negativo é que exige esforço e clareza do profissional par se especializar em alguma área; já o positivo, é que a gama de oportunidades é diversa.

No Brasil, grande parte dos internacionalistas trabalham em instituições privadas, em grande parte, multinacionais. Outros trabalham em áreas muito diversas: relações com investidores, relações governamentais, importação/exportação, marketing e muitas outras.

Outros profissionais participam de iniciativas relacionadas aos temas de desenvolvimento, como saúde, educação, mobilidade, sustentabilidade e outras. Essas pessoas trabalham em ONGs, Insitutições da Sociedade Civil, Movimentos Sociais, Organizações Internacionais ou com Empreendedorismo Social.

Se você tem uma pitada de interesse em ser professor, a academia pode ser uma pedida interessante por dois motivos: 1) o curso tem uma carga teórica grande, e você já vai estar acostumado com esta abordagem; 2) a maioria dos cursos de RI no Brasil são relativamente novos, o que significa que hoje ainda existem poucos professores da graduação e que são formados em Relações Internacionais.

Na minha opinião, os profissionais de Relações Internacionais têm uma habilidade interessante, que é a capacidade de vislumbrar as situações através de diversos pontos de vista, e realizar perguntas não óbvias para investigar as causas do problema.

Leia também: 8 tipos de bolsa de estudo para perguntar à sua faculdade

Já pensou em fazer o curso de Comércio Exterior? A Unifanor, UniFBV e demais faculdades do grupo Wyden oferecem bolsas de estudo e condições de pagamento especiais para quem estuda ou estudou com o Geekie Games.

As melhores faculdades de Relações Internacionais

Para você que está pensando em fazer o curso de Relações Internacionais, veja aqui o Ranking Universitário da Folha (RUF) sobre as 100 melhores faculdades de RI.

Estudar para o vestibular de Relações Internacionais 🌎