Uma prova dissertativa é aquela onde as perguntas são abertas e as respostas são escritas pelo próprio candidato, geralmente a mão. Esse tipo de avaliação é comum em concursos públicos, vestibulares, provas escolares e universitárias. Elas são muito diferentes de provas teste, que aparecem no Enem e em vestibulares, e possuem múltiplas escolhas de respostas. Confira algumas dicas para você responder questões dissertativas.

 

Questões dissertativas podem ser pequenas, médias ou longas. Algumas você consegue fazer em poucos segundos; outras precisam de muito tempo e argumentação, como se fossem redações dissertativas.

 

Como fazer uma prova dissertativa?

Algumas táticas ajudam a economizar tempo e evitam descontos de nota sem necessidade. Conheça as nossas dicas a seguir.

 

1. Responda primeiro os itens mais fáceis

Assim que receber o caderno da prova, dê uma olhada rápida nas questões e identifique aquelas que aparentam ser mais fáceis. Faça uma marcação para começar a prova com elas. Em seguida, identifique os itens que parecem mais fáceis e leia o enunciado.
Observe se há questões que valem mais pontos. Dê prioridade a elas após responder tudo o que é familiar para você.

 

2. Leia o enunciado com atenção

A interpretação do(s) texto(s) no enunciado é muito importante. Vale lembrar que imagens, charges, gráficos e tabelas também são textos e merecem a sua atenção. Temos uma videoaula gratuita para você entender porquê e como estes textos podem ajudar a sua resposta.

Como responder questões dissertativas: Veja a aula grátis sobre interpretação de texto

O enunciado esclarece o que espera de você em cada um dos itens das questões. Ele também informa se você precisa usar as informações do texto e/ou conhecimentos prévios. Às vezes gastamos muito tempo para lembrar um assunto relacionado com uma questão, mas sem necessidade.

A principal dica é circular/sublinhar as palavras-chave do enunciado, para você lembrar o que é mais importante ao responder.

Leia mais:
Resumo sobre 5 tipos de textos
O que cai no Enem? Resumo das competências e habilidades

3. Escreva de forma impessoal

Sempre escreva de maneira impessoal. A dica aqui é ir direto à resposta, para evitar se confundir com a voz do seu texto. Por exemplo, se a pergunta for “Quais são as consequências das medidas adotadas pelo governo de Donald Trump para os imigrantes aos Estados Unidos?”, escreva “As consequências são a, b e c“.

Evite responder na primeira pessoa. Se for necessário escrever um texto longo e com argumentação desenvolvida, tome cuidado. Nunca responda “[Eu] Acredito que…”, mas sim “Acredita-se que…”, “Algumas evidências demonstram que…”.

Leia também: Como fazer uma boa redação

 

4. Dê uma resposta completa

Ao escrever o que o enunciado pede, coloque também um argumento que justifica a sua resposta. Em uma prova de Matemática, escreva como você chegou ao resultado. Se não justificar, algumas avaliações anulam a sua resposta mesmo que ela esteja correta; outras descontam uma parcela da nota. Conheça o edital da prova para ter certeza.

Em uma prova de Humanas e Biológicas, introduza a sua resposta. Ao responder de maneira completa, você informa ao corretor o que está respondendo. Também indica se o texto pertence ao item adequado da questão. Caso você escreva no espaço errado, existe a possibilidade do corretor considerar a resposta, principalmente se for uma avaliação escolar.

 

5. Analise o espaço disponível para a resposta

Uma das coisas mais fáceis para identificar em um caderno de prova é a quantidade de linhas em cada questão. Elas indicam o tamanho que o texto deve ter.

Questões com muitas linhas talvez precisem de mais tempo para serem respondidas, então fique atento e seja rápido nas respostas curtas.

Pessoas que escrevem com letras grandes devem praticar escrever em um espaço reduzido. Se faltar espaço, alguns professores e corretores aceitam que você escreva em outra página (desde que indique onde se encontra a resposta), mas é melhor não precisar contar com isso em concursos públicos e vestibulares.

Para não exceder o espaço limite da questão, é muito importante organizar o que irá escrever.

6. Organize um raciocínio lógico

Planeje o seu texto antes de começar a escrevê-lo. Se a questão for curta e/ou sentir confiança no tema, faça o planejamento mental se preferir. Para uma questão longa, escreva informações importantes que resumem o que precisa constar na resposta. Escreva-as em um rascunho ou junto às palavras-chave que você circulou no enunciado.

Ao fazer o planejamento, organize os seus conhecimentos sobre o assunto. Se houver textos de apoio, pense onde você irá inserir os dados mais importantes. Analise se os dados que você escolheu são os melhores argumentos para justificar a sua resposta.

Para ter certeza de que não esqueceu nenhuma informação para uma resposta completa, respeite a ordem das perguntas na questão.

 

Dicas importantes:

Em uma prova de Matemática e Física, indique quais são as variáveis e as contas que você irá fazer.
Com um texto organizado, se a resposta for parcialmente correta, o corretor poderá considerar uma parcela do acerto.

Se não souber tudo o que a questão solicita, organize-se para responder primeiro o que você tem conhecimento. Se sobrar tempo, coloque a informação que você não domina na última frase.

7. Fique atento ao tempo

Antes de começar a avaliação, conheça quanto tempo você tem, no máximo, para fazer todas as questões. Calcule o tempo disponível para cada uma delas.

Não enrole para responder se você domina o assunto. Evite escrever mais do que o necessário, ou seja, mais do que é solicitado na pergunta. Quando o tema é familiar, tome cuidado para não se empolgar e perder tempo com a quantidade de texto.

 

8. Escreva à caneta sempre

Uma das formas de administrar o tempo da sua prova é sempre escrever à caneta. Seu texto precisa ser escrito à caneta em vestibulares e concursos públicos. Por isso, não escreva a lápis contando com um tempo extra para passar a resposta à caneta. Organize as suas ideias, planeje-se e escreva direto à caneta.

Se não der tempo de terminar a prova, o texto escrito à tinta será considerado, garantindo um pouco mais de nota.

Alguns professores permitem responder a lápis em provas escolares e universitárias. Porém não é possível questionar a sua nota após a correção. Afinal, alguém não honesto poderia apagar o texto e substituí-lo por um correto. Você pode pedir uma reavaliação da nota de provas escritas à caneta, se necessário.

 

9. Revise 

Confira se você preencheu todos os itens e se há erros de Português. Alguns erros na escrita podem deixar o seu texto sem coerência, o que é capaz de tirar pontos na sua nota, ou até mesmo anular a questão.
Isso quer dizer que o corretor da prova provavelmente não irá tirar pontos de gramática se a avaliação é de outra matéria. Mas é necessário ficar atento para (por exemplo) não trocar um “mas” por “mais”, ou esquecer algum conectivo fundamental para a coerência da sua frase.
Identifique também se você realmente escreveu o que a pergunta solicitou. Um texto correto, mas que não responde a pergunta, provavelmente não irá acrescentar à sua nota.

 

E para estudar para uma prova dissertativa?

As provas com perguntas abertas identificam se você realmente domina determinado assunto, por isso, é importante estudar com atenção e dedicação.

Ao praticar em casa, não tenha preguiça e seja honesto consigo mesmo. Escreva as respostas por extenso. Apenas quando terminar de escrevê-las, procure a resolução oficial.

Os estudos para uma avaliação dissertativa não devem ser muito diferentes da preparação para uma avaliação com múltiplas escolhas.
Faça simulados sobre as disciplinas e os assuntos que caem na sua prova, mesmo que eles não sejam no formato idêntico ao da avaliação. Os simulados do Geekie Games são gratuitos e basta acessar a plataforma para saber as próximas datas. Simulados com questões dissertativas são raros, então estude com provas antigas e listas de exercícios.
Agora que você já sabe como responder uma prova dissertativa, conte para a gente as suas dicas. Bom estudo e boa prova!

 

Estudar com o Geekie Games