Meu nome é Roberto Nobre, tenho 17 anos e eu passei no vestibular da Unicamp em Análise e Desenvolvimento de Sistemas em 2018. Hoje trabalho no NIED (Núcleo de Informática Aplicada à Educação) na Unicamp. Terminei o Ensino Médio em 2017. Minha família e eu somos de Pernambuco, e moramos no interior de São Paulo.

Sempre estudei em escola pública. Durante o Ensino Médio, fiz curso técnico de Desenvolvimento de Software na Etecvav, uma escola de Jundiaí (interior de São Paulo).

Prestei apenas o Enem e a Comvest (prova da Unicamp) porque fui contemplado com a isenção da taxa de inscrição. Sei que foi uma decisão perigosa, mas consegui ter uma boa nota nas duas provas. Com o resultado do Enem, passei no Sisu para o IFSP (Instituto Federal de São Paulo) e em outras universidades da minha região com o Prouni.

Saiba mais:
Ainda dá tempo de estudar para o Enem?
Como funcionam as nossas videoaulas para o Enem?

Como estudei para passar na Unicamp

Eu conheci o Geekie Games por indicação de um colega. Como eu tinha pouquíssimo tempo para estudar com o plano de estudos sugerido, eu criei um cronograma próprio mais resumido.

Leia também: 10 Assuntos que podem cair no Enem 2018

Meu planejamento de estudos

imagem de Roberto Nobre estudando para passar na Unicamp

Para começar, fiz todos os simulados do Geekie Games. Então descobri os assuntos que eu tinha mais dificuldade (os simulados geraram uma lista com o que eu precisava melhorar). Criei uma planilha com os temas mais difíceis para mim e com os que eram mais cobrados pela Unicamp. Na hora de estudar, eu buscava o assunto da aula diretamente no Geekie.

Gostei bastante da plataforma. Já a recomendei para um amigo, que aderiu ao Geekie.

Estudava em casa, pela manhã e à tarde, de 5 a 6 horas por dia no final de semana. Também fiz as três provas antigas da Unicamp. Utilizei também o Youtube para complementar os estudos.

A escolha do curso 

Escolhi Análise e Desenvolvimento de Sistemas porque eu já conhecia a área: trabalhei dois anos com tecnologia, gostei bastante, e pretendo continuar nela. 

A minha maior motivação no dia a dia era ingressar na universidade, pois meus pais não têm ensino superior.

Dificuldades 

Eu tive bastante dificuldade para aumentar e manter o nível dos estudos. Minha rotina, na maioria das vezes, me deixava exausto. Também tinha que fazer os trabalhos pendentes nos finais de semana. Eu tinha mais dificuldade em Português, História e Química.

Mas consegui me organizar o máximo possível, e foi o suficiente. 

Minha rotina

Minha rotina era um pouco corrida. De manhã, eu ia para o Ensino Médio; à tarde, para o trabalho; logo em seguida, para o Técnico (direto, sem pausa, nem hora pro lanche 😬).

Por isso, só conseguia focar nos estudos no final de semana, quando não tinha trabalho da escola ou da empresa pendente. Comecei a estudar mais para o vestibular cerca 3 meses antes da prova e peguei ainda mais pesado quando vi que fui pra segunda fase.

Meus momentos de lazer eram sair com meus amigos na sexta-feira à noite, e descansar na rede domingo à tarde.

Dicas de estudo que funcionaram para mim:

passar na faculdade de tecnologia da Unicamp - Roberto

  • Mantenha o foco e tenha uma motivação (no meu caso, usei como motivação a sede de dar orgulho à minha mãe); <3
  • Não pule nenhum dia de estudo, pois, quanto mais você procrastina, mais vai procrastinar;
  • Treine com provas de edições passadas;
  • Estudar com um amigo. Se todos estiverem focados não irá afetar a produtividade nos estudos.