As inscrições para o Sisu de inverno 2018 começam em 12 de junho e se encerram às 23h59 no dia 15 de junho. Se você quer saber o que é o Sisu, como fazer as inscrições, quais são as cotas, quando saem os resultados ou como funciona a lista de espera, continue a leitura. Resumimos as principais informações do edital nesta página.

Datas do Sisu de inverno 2018:

12/06 a 15/06/2018 – Período de inscrições
18/06/2018 – Resultados da chamada regular no próprio site do Sisu
22/06 a 27/06/2018 – Manifestação de interesse na lista de espera
22/06 a 28/06/2018 – Período de matrícula da primeira chamada
03/07 a 21/08/2018 – Convocação dos candidatos em lista de espera pelas instituições

O que é o Sisu?

O Sistema de Seleção Unificada (Sisu) é uma plataforma online e gratuita do Ministério da Educação (MEC), na qual as universidades públicas oferecem vagas para os estudantes que fizeram o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). 

Você pode participar apenas se fizer a sua inscrição nos períodos determinados pelo MEC. Eles acontecem duas vezes ao ano e geralmente são abertos na última semana de Janeiro e no mês de Maio. 

Faça uma simulação do Sisu e veja notas de corte do ano passado.

Como funciona o Sisu?

Basta entrar no site do Sisu para realizar sua inscrição e escolher, por ordem de preferência, até duas opções entre as vagas que estão disponíveis no momento.

É possível ter opções completamente diferentes. Por exemplo, dá para concorrer para Direito no período matutino na Universidade Federal de Uberlândia como a primeira opção e tentar Administração na Universidade Federal do Tocantins como segunda opção. Além disso, você também pode escolher o tipo de vaga:

como funciona o SISU: inscrições, lista de espera, resultados

Saiba mais: Resumo sobre o edital do Enem

Como fazer a inscrição?

Durante o período de inscrições do Sisu, basta entrar com o usuário e a senha do Enem através desse site. Treineiros não podem fazer a inscrição. A nota para os estudantes que não concluíram o Ensino Médio (treineiros) é divulgada em Março, após o término das inscrições no Sisu do primeiro semestre.

Durante o período de inscrições você pode alterar a qualquer momento suas opções (ou seja, trocar para outro curso ou até mesmo outra universidade dentro das suas duas opções). Será considerada apenas a última alteração confirmada.

Ao final da etapa de inscrição, a plataforma seleciona automaticamente os candidatos mais bem classificados em cada curso (acima da nota de corte), de acordo com suas notas no Enem e eventuais ponderações (pesos atribuídos às notas ou bônus relativo à política afirmativa de cotas).

E as cotas? 👩🏾🏫

O Sisu têm três tipos de concorrência:

1. Vagas de ampla concorrência

São as vagas não reservadas para ações afirmativas, nem para a Lei de Cotas.

2. Vagas reservadas segundo a Lei de Cotas

Pelo menos 50% das vagas do Sisu são destinadas a pessoas que fizeram o Ensino Médio integralmente em escolas públicas. Metade delas são reservadas para estudantes com renda até um salário mínimo e meio por membro da família. A outra metade é para quem também concluiu o Ensino Médio em escolas públicas, mas possui renda por membro da família superior a um salário mínimo e meio.

Essas vagas devem ser preenchidas por pretos, pardos, indígenas e deficientes. A porcentagem de cotas raciais e para deficientes é proporcional à quantidade de pessoas destes grupos no Estado da Instituição de Ensino Superior.

Se elas não forem preenchidas por indivíduos autodeclarados pretos, pardos e indígenas, serão ocupadas por estudantes que fizeram o Ensino Médio em escolas públicas.

3. Vagas destinadas a outras políticas afirmativas

Podem ou não existir, pois dependem da disponibilidade da faculdade.

Posso me inscrever duas vezes para o mesmo curso e faculdade em diferentes categorias de concorrência? (ex: cotas e ampla concorrência)

Não. Se você tem direito a vagas reservadas pela Lei de cotas ou a outras políticas afirmativas, precisa escolher se quer concorrer a uma vaga de ampla concorrência, ou destinadas a cotas, ou a outras políticas afirmativas no ato da inscrição.

É possível se inscrever para uma oportunidade de ampla concorrência se você tem o perfil da Lei de cotas, mas não dá para concorrer às duas opções simultaneamente. Você pode testar as duas categorias de concorrência durante o período de inscrições, já queas notas de corte por categoria são atualizadas todas as noites. Lembre que você pode alterar a sua escolha de curso de universidade quantas vezes quiser

 

Instituições participantes

Antes do período de inscrições, a lista de universidades que participam do Sisu e os cursos disponíveis são divulgados nessa página da plataforma. Utilize a página do MEC para fazer a pesquisa por curso e descobrir as faculdades que oferecem o que você deseja estudar, o número de vagas e as categorias de concorrência.

Notas de corte e pesos ✅

A nota de corte representa o valor necessário para garantir uma vaga no curso e universidade escolhidos. Essa é uma das notas mais importantes para ficar de olho!

A plataforma a atualiza automaticamente em cada madrugada durante o período de inscrições. 

Você pode ver se essa nota mudou (ou não), se você ainda está garantindo sua vaga e mudar a sua primeira e segunda opção de curso todos os dias nesse período se quiser.

Algumas universidades podem escolher pesos diferentes para as áreas de conhecimento do Enem. Assim, nem sempre o seu resultado do Enem será a nota utilizada no processo seletivo. 

Em um exemplo prático, vamos supor que o curso de medicina da Universidade Federal do Rio de Janeiro atribui peso 2 à prova de Matemática e Suas Tecnologias. Ao se candidatar para essa vaga, a plataforma irá fazer automaticamente um novo cálculo, gerando uma nova nota final.

Além disso, muitos cursos também adotam uma nota mínima para se candidatar à vaga.

Veja um exemplo de como funcionam os pesos e notas mínimas abaixo em um exemplo de inscrição na Universidade de São Paulo (EACH-USP).

Passo a passo da inscrição no Fies

Exemplo de como funcionam os pesos e notas mínimas para o Sisu

 

Leia também: Por que não desistir do curso de Medicina?

Resultados e lista de espera do Sisu de inverno 2018

O resultado do Sisu de inverno será divulgado três dias depois do término das inscrições. Você pode escolher aguardar a lista de espera apenas para a sua primeira opção de curso, se não for aprovado e não tiver nota zero na redação a partir do dia 22 de junho. Mas é necessário manifestar interesse no período determinado.

Se você for aprovado na segunda opção, também pode concorrer à primeira opção na lista de espera. Isso é possível mesmo que você já tenha feito a matrícula na segunda opção. Se passar na primeira opção na lista de espera, automaticamente a matrícula na segunda opção é cancelada. Os candidatos aprovados na primeira chamada para a primeira opção de curso não podem se candidatar para a lista de espera.

Saiba mais sobre o Enem e as outras opções de seleção. Se tiver mais dúvidas sobre o Sisu, confira a página do MEC.

Leia também:
8 tipos de bolsa de estudo para perguntar à faculdade
Fui mal no Enem. E agora?
Como funciona o Fies
Como funciona o Prouni
Todas as oportunidades com a nota do Enem

As mudanças no Sisu

As instituições públicas de ensino superior têm mais flexibilidade nos processos de seleção do Sisu desde 2017.Elas podem definir uma nota mínima no Enem em determinadas áreas do conhecimento (Ciências Humanas, Ciências da Natureza, Matemática e/ou Linguagens) para concorrer a uma vaga em um curso.

Assim, o processo pode escolher candidatos com perfis mais específicos.

As informações são da Portaria Normativa do MEC nº 2/2017, publicada no Diário Oficial da União.

Ficou com alguma dúvida sobre o que é o Sisu, a lista de espera ou os resultados? Deixe nos comentários!